Independência ou morte: o diferencial de um profissional de marketing fora da curva

Ser um profissional de marketing digital não é algo fácil. Entre o conteúdo, mídias pagas, SEO, métricas, programação e dezenas de outras coisas, o leque de conhecimentos para se tornar um bom profissional é gigante. Isso torna quase impossível conhecer todas essas áreas a fundo mas, apesar disso, o profissional de marketing digital deve possuir pelo menos um entendimento de cada uma delas pois, pelo menos no início de carreira, terá que se virar sozinho.

É aí que entra a principal característica de um profissional de marketing digital que realmente se destaque: independência. Não, não estou falando de morar fora de casa e pagar suas próprias contas, mas sim de possuir conhecimentos suficientes para conseguir executar uma estratégia de marketing digital sem depender de outros profissionais. Um analista de marketing que não consegue, por exemplo, trocar o CSS de um botão no WordPress e precisa esperar um programador fazer isso, atrasando o lançamento de uma landing page, é muito menos valorizado do que alguém que irá resolver na hora e garantir a agilidade, um dos princípios do marketing digital bem executado.

Feito é melhor do que perfeito

Até arranjar um emprego ou possuir uma equipe de marketing, o profissional não terá à sua disposição outros profissionais especializados para ajudar com tarefas do dia-a-dia do marketing, outro motivo para ser independente. É claro que isso não quer dizer que é necessário ser um ótimo designer, programador ninja ou um escritor literário. O importante é, acima de tudo, saber o básico para conseguir ter algo feito, lançado e gerando resultados, mesmo que não esteja 100%. Na verdade, mesmo com anos de experiência em marketing digital, esperar que algo esteja ideal continua sendo um erro grave, pois não esse tal de “perfeito” simplesmente não existe. O importante é gerar resultados com o que você tem em mãos.

É claro que não estou defendendo fazer as coisas mal feitas para sempre, mas sim conseguir fazer pelo menos o mínimo viável para não passar vergonha. À medida que o profissional for melhorando ou o time crescendo, é óbvio que os resultados devem aumentar de qualidade. Outro benefício de se saber, mesmo basicamente, uma ampla gama de conhecimentos, é que isso também torna o profissional um bom delegador de tarefas e, naturalmente, um bom gestor. Todo profissional, ao longo da carreira em marketing digital, terá que lidar com freelancers para resolver algumas demandas pontuais e delegar uma tarefa sem entender nada sobre ela abre margem para atrasos, trabalho mal feito e diminui as chances de ser passado para trás.

7 habilidades de um profissional fora da curva

Logo, possuindo ou não um time para ajudá-lo, um profissional de marketing fora da curva precisa conhecer, pelo menos no nível básico (mas o suficiente para executar), pelo menos essas 7 habilidades:

  • Redação / Redação para Web: escrever bem, de longe, é a habilidade mais importante que você precisa ter. Landing pages, blog posts, vídeos, atualizações em redes sociais, anúncios pagos e, basicamente, tudo o que o seu público consome depende disso.
  • HTML e CSS (Básico): você não precisa ser um programador, mas uma compreensão básica sobre desenvolvimento web vai salvar muito tempo quando você precisar fazer ajustes em sites, encontrar bugs, implementar scripts ou fazer alguma pesquisa sobre sites concorrentes.
  • Edição de imagem: não é necessário ser um especialista em Photoshop, mas é aconselhável aprender como alterar dimensões e formatos de imagens e criar infográficos. Existem algumas ferramentas muito boas que podem facilitar o seu trabalho, como o Canva.
  • WordPress: permite que você crie vários tipos de sites sem nenhuma experiência com códigos. Quer testar uma ideia para uma Landing Page? Criar um blog? Um site corporativo? Uma rede social? Uma loja virtual? Um site como o Reddit? Quase tudo que você puder imaginar pode ser feito facilmente com o WordPress.
  • SEO: com certeza você vai querer muito aqueles tão sonhados cliques orgânicos, então você tem que saber como o SEO funciona, tanto tecnicamente quanto em relação ao conteúdo.
  • Anúncios pagos: a menos que você seja um purista do marketing de conteúdo, em algum momento você vai precisar de acelerar as coisas por meio de AdWords, anúncios no Facebook ou qualquer outra rede de anúncios. É bom se familiarizar com a forma como eles trabalham (os conceitos são praticamente os mesmos em todos eles) e ser capaz de gerar resultados.
  • Planilhas: sim! Não há nenhuma mágica ou adivinhação em marketing digital. Você vai coletar, processar e analisar muitos dados — e a maneira mais rápida e mais barata de se fazer isso é usando o Planilhas Google .

Se você tem as habilidades listadas acima, então será muito mais fácil e mais rápido realizar a parte “estratégica” do marketing digital, como testes A / B, campanhas, análises métricas, geração de leads, etc. Logo, se você quer realmente se destacar no marketing digital, tem que dominar as habilidades acima.

No marketing digital, a escolha é entre a independência ou morte (da sua carreira).

Uma nota final: isso não quer dizer que um bom profissional não deve se especializar, longe disso. Se você se tornar super expert em alguma área, se destacando nela, com certeza terá um grande valor no mercado. Um bom profissional de SEO, Métricas. automação de marketing (entre outros) é essencial para times de alta performance. Meu ponto é que além disso, o profissional especialista, para ser fora da curva, deve ter uma visão mais ampla de todos os processos e o papel dele dentro do todo.

Se você já trabalha na área, acha que faltou alguma habilidade essencial na lista?

4 Comments

  • Matheus Responder

    Estou adorando seus conteúdos Peçanha, está me ajudando bastante.
    Eu penso em me tornar um especialista em Inbound Marketing e Lançamento de Produtos como Fórmula de Lançamento, mas a prioridade é Inbound Marketing. Você acha que tem como se tornar especialista em Inbound, sendo que é uma área do marketing que abrange muitas áreas como produção de conteúdo, SEO, análise e etc.?

    • Peçanha Responder

      Olá Matheus, existem vários especialistas de Inbound no mercado (eu sou um deles). O principal é você conseguir ter uma noção macro de como todas as áreas se encaixam no propósito de gerar resultados!

  • home work Responder

    Olá, euᥙ curti muito esse post! Pɑrɑbéns!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.